Relato de uma viagem para a Rússia: Karina Cordeiro

Relato de uma viagem para a Rússia: Karina Cordeiro

Praça Vermelha, Moscou. Foto de Karina Cordeiro.

Olá! Meu nome é Karina, sou colaboradora da Trains and Tours e recentemente viajei duas vezes para a Rússia.

Minhas viagens acabaram acontecendo a trabalho. Sempre quis conhecer o país, então juntar a vontade que já existia em mim há muitos anos com a experiência de trabalhar foi bem gratificante.

Contarei para vocês como foi!

Os preparativos para uma viagem a Rússia

Brasileiros não precisam de visto para conhecer a Rússia. Então, a única coisa que fiz foi procurar hospedagem e pesquisar os possíveis meios de locomoção entre uma cidade e outra.

Feito isso, uma vez que estaria sem internet no país, tomei o cuidado de baixar o mapa off-line das cidades que visitaria e marcar a localização dos meus hotéis e dos pontos turísticos que me interessavam para facilitar minha locomoção.

Na segunda oportunidade que tive de viajar para lá, descompliquei e comprei um chip local, podendo, assim, usar internet à vontade por todo o país e fazer ligações locais. Recomendo bastante!

Fiquei hospedada em hotéis de redes internacionais e, algumas vezes, também dormia nas próprias cabines dos trens que pegava. Foi uma experiência incrível.

Trem Allegro a caminho da Rússia. Foto de Karina Cordeiro.

Roteiros de viagem pela Rússia

A primeira vez que fui para a Rússia visitei Moscou, São Petersburgo e algumas cidades que fazem parte do chamado Anel Dourado, como Vladimir e Suzdal. Fiquei em torno de uma semana.

Na segunda oportunidade, fiz uma viagem chamada Volta ao Mundo de Trem, onde um trecho do roteiro cobria a Rússia justamente na ferrovia mais famosa e lendária do mundo: a ferrovia Transiberiana.

Nessa viagem, a jornada começa em Moscou e segue para Ecaterimburgo, Novosibirsk, Krasnoyarsk, Irkutsk, Lago Baikal e Ulan Ude. De lá, troquei para a Rota Transmongoliana e segui para a Mongólia. Só na Rússia fiquei uns 15 dias.

Como é visitar a Rússia

Os russos não falam inglês. Ponto. Na primeira viagem que fiz, tive muitas dificuldades para me comunicar. Se estiver em Moscou ou São Petersburgo, você encontrará pessoas que dominam o idioma apenas em hotéis de redes internacionais ou restaurantes finos. Fora isso, terá que se virar sozinho.

centro de sao petersburgo russia

Centro de São Petersburgo. Foto de Karina Cordeiro.

Por isso a importância de ter mapas off-line com você e um tradutor de línguas online, caso opte por comprar um chip local. Ajuda muito!

Se você não estiver a fim desse tipo de transtorno (porque chega um ponto em que esse processo pode se tornar cansativo), opte por um pacote de viagem para a Rússia, pois assim o guia cuidará de tudo e você não precisará passar perrengue, como passei na primeira vez.

Na segunda vez que fui, como se tratava de um pacote turístico, estava acompanhada de um guia que falava português, então foi super tranquilo!

Catedral de São Basílio, Moscou. Foto de Karina Cordeiro.

Minhas impressões gerais da Rússia

Atrativos

Certamente, meu momento favorito da viagem à Rússia aconteceu durante a Volta ao Mundo de Trem, quando percorríamos a Ferrovia Transiberiana e fizemos uma parada em Irkutsk, que é um charme de cidade, e o Lago Baikal.

Lago Baikal Russia

Lago Baikal, Sibéria. Foto de Karina Cordeiro.

Fora isso, diversas atrações turísticas incríveis estão espalhadas por Moscou, São Petersburgo e nas cidadezinhas medievais que compõem o Anel Dourado. A Rússia é puro charme!

Culinária

De maneira geral, a gastronomia é composta por batata, carnes vermelhas e frango. Não percebi muita diversidade nos pratos russos, tanto na variedade quanto nos condimentos. Para mim, que sou vegetariana, foi um pouco mais difícil, mas sempre consegui me virar numa boa.

Os russos

Em um primeiro momento, os russos podem parecer grosseiros ou rudes por seu semblante mais fechado. Os brasileiros não estão acostumados com isso e, de primeira, eles soam mal-humorados. Mas não é verdade! Eles apenas têm uma cultura diferente da nossa.

Os russos começam com uma cara fechada e, depois de alguns minutos, eles se soltam e você descobre pessoas cheias de carinho e atenção.

Centro de Moscou. Foto de Karina Cordeiro.

Avaliação final

A Rússia é maravilhosa e não se limita apenas a Moscou e São Petersburgo. É lindo ver os contrastes de um país com construções soviéticas e contemporâneas na mesma calçada. É pura imersão em uma história que afetou e influenciou o mundo.

Você vê uma senhora de 70 anos segurando a mão da neta de 16 e sabe que essas duas gerações, apesar de terem a mesma nacionalidade, têm histórias de vida, experiências e relações políticas com seu país completamente diferentes uma da outra.

Com certeza eu voltaria!

Caso queira conhecer este belíssimo país sem se preocupar com idioma, locomoção, etc… Escolha um de nossos pacotes de viagem para a Rússia e viaje tranquilo!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nosso instagram @trainsandtours

Ícone Mailing

RECEBA NOSSAS OFERTAS