Dicas para embarcar na viagem do Grande Expresso Transiberiano

A viagem do trem multicultural Grande Expresso Transiberiano é uma jornada de conhecimento pessoal. Com passagem por diversas culturas e inúmeros pontos turísticos, o viajante deste trem tem em seu roteiro bem mais do que uma viagem magnifica: tem a chance de conhecer povos e tradições únicas, riquíssimos em histórias e lendas!

Idioma

Não se preocupe com idioma: O trem Grande Expresso Transiberiano passa pela Rússia, Mongólia e China, apresentando uma imensidão de idiomas no caminho, além dos demais passageiros embarcados de diversos países. Os idiomas diversos podem assustar um pouco, mas não se preocupe, toda excursão do trem possui guias em português para auxiliar os passageiros. Para aqueles que querem se arriscar em outros idiomas, aproveitem e consultem nossos dicionários básicos!

Fuso horário

Pequim e Ulan Bator – 11 horas a frente.

Irkutsk – 12 horas a frente.

Krasnoyarsk – 11 horas a frente.

Novossibirsk – 10 horas a frente.

Ekaterimburgo e Kazan – 9 horas a frente.

Moscou – 7 horas a frente.

Quais as moedas da Rússia, Mongólia e China?

A moedas são: Rublo (RUR) na Rússia, tugrik na Mongólia e iene na China. Porém todos os países costumam aceitar na maioria dos casos o Euro e o Dollar desde que sejam notas novas (a partir do ano 200), e estejam em boas condições (sem carimbo, rasgos, e riscos).

Em todos os países há casas de cambio para trocar seu dinheiro para moedas locais.

Documentação para viagem

A Rússia não pede visto, apenas passaporte brasileiro válido, com mais de 6 meses de validade a partir da data de saída da Rússia e seguro de saúde válido na Rússia.

Para Mongólia é necessário tirar o visto. Aconselha-se pedir o visto com datas maiores a estadia e com bastante folga para evitar complicações ao sair do país.

Para China também é necessário visto. Recomenda-se a entrada do pedido de visto 1 mês e meio antes da partida da viagem.  (O visto sairá válido a partir do dia do pedido no consulado pelos 3 próximos meses) – Peça o visto com validade de 10 dias de permanência.

Quando ir?

Evite épocas frias! A maioria das saídas do trem acontecem entre Junho e Setembro, época em que a temperatura da região varia de 25° a 30°, possibilitando até a entrada no famoso Lago Baikal, um dos pontos mais magníficos do roteiro. Já durante o inverno a temperatura pode chegar até -20°, o que torna a saída do trem um tanto que difícil!

Não se esqueça de levar…

Leve remédios para enjoo, pois assim como um cruzeiro, o balanço do trem pode incomodar um pouco nos primeiros momentos. Dentro do trem há médicos para atendimento em caso de problemas maiores, mas geralmente um remedinho no primeiro dia já garante um aproveitamento completo da viagem!

Leve também uma extensão/régua de tomadas, pois cada cabine possui apenas uma tomada. Desta forma você pode carregar seu celular, tablet, câmera e outros aparelhos ao mesmo tempo!

O que vestir?

Use sapatos confortáveis sempre, afinal é uma viagem de conhecimentos, que vai explorar povos, locais turísticos, entre outras atividades em que o conforto ajudará!

A melhor dica de todas

APROVEITE CADA SEGUNDO DESTA VIAGEM! Os oito mil quilômetros do transiberiano são famosos por serem a viagem de trem que mais muda sua maneira de ver o mundo! A imersão em culturas, histórias e paisagens renova a mente dos viajantes!

Caso tenha interesse nesta magnífica viagem, veja nosso pacote de viagem no Grande Expresso Transiberiano.

 

Deixe seu comentário

três × 5 =

Comentários

Helio Baptista Werneck
Espetacular!!!!Maravilhoso !!!! É um passeio pra incluir nos planos de viagem.
Trains & Tours Lufthansa City Center
Que bacana Helio!!! Quando decidir ir conte conosco. Viajar pela Rota Transiberiana é uma experiência única! Abraço, Sua equipe, Trains and Tours Lufthansa City Center https://www.lufthansacc.com
Newsletter
Receba nossas ofertas por e-mail
Cadastre seu e-mail para recebimento de nossas ofertas.